Unidade de Investigação da

FLUP

financiada pela

A cooperação inter-institucional e em particular a de âmbito internacional é, a um tempo, esteio da organização da investigação, forma de insersão em correntes actualizadas dos estudos medievais e espaço de afirmação e reconhecimento externo do trabalho realizado pelo Gabinete.

Desde 1991, o Gabinete pertence à Fédération des Instituts d'Études Médiévales (F.I.D.E.M.), o que lhe abriu a possibilidade de participar na criação do Diplôme Européen d'Études Médiévales, cabendo-lhe um Bolseiro por ano, e de participar na elaboração da candidatura, apresentada no âmbito do Programa SOCRATES em 1996, a um Projecto de Rede Europeia de Estudos Medievais (Réseau thématique européen pour les études médiévales), que previa uma intensa interligação entre as instituições participantes (apesar de não ter sido acolhido pela Comissão europeia, o projecto permitiu alargar e afirmar o campo de relações do GFM).

Em 1997-1998 o GFM foi convidado a integrar uma rede similar, coordenada pela Società Internazionale per lo Studio del Medioevo Latino, de Florença, dedicada ao estudo do património manuscrito dos países membros. A diminuição drástica dos financiamentos comunitários também deixou de fora este projecto.

A maioria dos membros do GFM pertence à Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (S.I.E.P.M.), sociedade da qual a Presidente do GFM foi Assessora do Bureau de 1992 a 1997, ano em que foi eleita vice-Presidente. Terminado o mandato, no Congresso de 2002, realizado no Porto com organização do GFM, foi eleito Assessor o Prof. Doutor Mário de Santiago de Carvalho, vice-presidente do GFM e do Congresso.

A Presidente do GFM representa Portugal no Comité International du Vocabulaire des Institutions et de la Comunication Intellectuelles au Moyen Age (C.I.V.I.C.I.M.A.), desde 1992.

Diversos projectos e actividades permanentes de investigação do Gabinete são realizadas em cooperação com instituições internacionais:

  • 1) Elaboração de teses de doutoramento
  • · École Pratique des Hautes Études, IVe section (França): co-tutela da tese de Vera Rodrigues;
  • · Université Catholique de Louvain (Bélgica): co-orientação da tese de Pedro Parcerias;
  • · Université de Fribourg (Suiça): co-orientação da tese de Marco Toste.
  • 2) Projectos
  • · École Pratique des Hautes Études, IVe section: colaboração de Danièle Jacquart como assessora do projecto Corpo e natureza;
  • · Università di Pavia: colaboração de Chiara Cristiani como assessora do projecto Corpo e natureza;
  • · Institut de Recherhe et Histoire des Textes (França): Transferência para a base de dados In principio da descrição dos textos latinos nos manuscritos de Santa Cruz;
  • · Società Internazionale per lo Studio del Medioevo Latino: redacção local de Medioevo latino;
  • · Società Internazionale per lo Studio del Medioevo Latino: redacção local do Compendium Auctorum Latinorum Medii Aevi e Marco Toste como bolseiro em 2002 e membro permanente da redacção de Florença;
  • · Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (S.I.E.P.M.): organização do XI Congrès International de Philosophie Mediévale em 2002 no Porto;
  • · Comité International du Vocabulaire des Institutions et de la Comunication Intellectuelles au Moyen Age (C.I.V.I.C.I.M.A.): organização do colóquio de 1996;
  • · Biblioteca Pública Municipal do Porto: elaboração do Catálogo dos manuscritos de Santa Cruz de Coimbra;
  • · Biblioteca Pública Municipal do Porto: investigação científica e coordenação do catálogo e da instalação da exposição sobre Santa Cruz de Coimbra e a cultura europeia medieval.
  • 3) Conferências
  • · Nas séries de conferências realizadas ao longo dos anos, o GFM tem contado com a presença de especialistas de múltiplas universidades e países (em particular Brasil, França, Itália, Espanha).
  • 4) Publicações
  • · Fundação eng. António de Almeida (Porto): edição da revista Mediaevalia. Textos e estudos, 1992-1999;
  • · Universidade de São Paulo (Brasil): cooperação no plano editorial coordenado pelo Prof. Jean Luiz Lauand;
  • · Biblioteca Pública Municipal do Porto: Edição de 5 publicações relacionadas com os manuscritos de Santa Cruz;
  • · Brepols (Bélgica): edição das Actas do colóquio CIVICIMA e edição das Actas do XI Congresso da SIEPM (no prelo).
  • 5) Ensino pós-graduado
  • · Universidade do Minho: colaboração docente regular nos últimos cursos de Mestrado em História e Cultura medievais (por três membros da equipa: Maria Cândida Monteiro Pacheco, José Francisco Meirinhos, Maria Isabel Pacheco);
  • · Diplôme Européen d'Études Médiévales (Roma): diversos membros do GFM frequentaram o Diploma desde a sua criação em 1991;
  • · Diplôme Européen d'Études Médiévales (Roma): J.F. Meirinhos, docente no ano lectivo de 2002-2003;
  • · Universidade do Porto: íntima ligação com o Mestrado de Filosofia Medieval da Faculdade de Letras.
   
Cooperação